Make your own free website on Tripod.com

Da década de 70 para cá , os índices de adolescentes grávidas , tem aumentado consideravelmente , e a média de idade das gestantes, diminuída . No Brasil , estima-se que  de 20 a 25% do total das mulheres sejam adolescentes , ou seja, há uma gestante adolescente para 5 mulheres . A gravidez ocorre geralmente entre a 1ª e a 5ª relação sexual, sendo o parto , a principal causa de internação de brasileiras entre 10 e 14 anos. Muitos são os fatores que procuram justificar esse aumento no índice de gestantes adolescentes. Entre eles , está o início cada vez mais precoce da atividade sexual .

Observamos que a idade em que ocorre a menarca tem se adiantado em torno de 4 meses por década no nosso século , o que significa que a mulher está exposta e sujeita a uma gestação , cada vez mais cedo. Nas classes econômicas menos favorecidas , onde há maior abandono e promiscuidade , maior carência de informação , menos acesso a contracepção , está a grande incidência da gestação na adolescência.

O fatores psicológicos inerentes ao período da adolescência exercem grande influência sobre esse tipo de comportamento , pois a adolescente nega a possibilidade de engravidar (isso não vai acontecer comigo). Essa negação é tanto maior quanto menor a faixa etária ; o contato sexual é mantido de forma eventual , não justificando , conforme acreditam o uso rotineiro da contracepção; e a posse do contraceptivo seria a prova formal  de vida sexual ativa. O uso de drogas e bebidas alcoólicas compromete a contracepção além das que engravidam para casar.

O contexto familiar exerce influência direta com a época em que se inicia a atividade sexual de grande parte das adolescentes que   engravidam precocemente. 

A GRAVIDEZ PRECISA SER DESEJADA!!!!!

Tel: (99) 3521-6088

Fax: (99) 3521-1782

E-mail: joserlaneacilenelima@bol.com.br  

       mylvamercya@yahoo.com.br

                                     

Para entrar em contato conosco: